<$BlogRSDURL$>

INACREDITABILIDADES

3.4.04

Aprender, aprender sempre...(onde é que eu já ouvi isto?) 

Um dia, o burro de um aldeão caiu a um poço.
O animal zurrou fortemente durante algumas horas, enquanto o dono procurava ajuda para o retirar. Não a encontrando, acabou por decidir que, sendo o burro já velho e estando o poço já seco, o melhor era tapar o poço e não valia a pena tirar o burro.
Pediu então ajuda a todos os vizinhos. Cada um pegou numa pá e começaram a atirar terra para dentro do poço. O burro, ao ver o que se estava a passar, começou desesperadamente a zurrar.
Mas, pouco depois, para surpresa de todos, calou-se, e só se ouvia o som de pazadas a cair. O aldeão, olhando para o fundo do poço, ficou surpreendido com o que o burro estava a fazer. Sacudia a terra que ia caindo nas costas e dava mais um passo para cima da terra.
Rapidamente, todos viram com espanto como o burro chegou à boca do poço, saltou por cima dos bordos e partiu...

A vida vai-te atirar muita terra para cima, terra de todos os géneros. O segredo para saíres do teu poço é sacudi-la e usá-la para dares um passo para cima. Cada um dos nossos problemas é um degrau para subir.

Assim, podemos sair dos vazios mais profundos, se não nos dermos por vencidos...

Ou seja... as reuniões são o poço; O C.D. atira-nos pazadas de terra; nós somos os burros.........o resto imaginem.........
otis raruta ed somet remoc ed somasicerp omoc...

Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?